eSocial simplificado: 5 coisas que você não pode deixar de saber!

por | 27/06/2021 | HCM

Apesar de já fazer parte da rotina dos setores de Recursos Humanos (RH) e Pessoal (DP) das empresas, o eSocial simplificado ainda levanta muitas dúvidas em gestores e profissionais da área. Em geral, são questionamentos bastante válidos e que podem fazer muita diferença no momento do envio de informações.

Como se trata uma ação obrigatória, não é possível ficar na dúvida sobre qualquer ponto. Todo questionamento sobre eventos, prazos e ferramentas devem ser solucionados por completo. Além disso, o principal objetivo do eSocial Simplificado é justamente facilitar o repasse de dados para as empresas. Então, esclarecer todos os pontos precisa fazer parte da cartilha do gestor quando se trata do eSocial.

Para ajudar, preparamos este artigo com 5 coisas que você não pode deixar de saber sobre o eSocial Simplificado. Continue com a gente e confira.

Boa leitura!

1. Qual o objetivo o eSocial Simplificado?

O eSocial Simplificado é uma plataforma criada pelo governo e faz parte do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Ele integra o conjunto de iniciativas da Receita Federal com o objetivo de digitalizar, agilizar e facilitar o processo de envio de informações em relação às obrigações trabalhistas e previdenciárias.

Na prática, o eSocial Simplificado já é uma versão mais bem trabalhada na plataforma, desenvolvida após estudos, avaliações e testes da primeira versão.

2. Quais as principais vantagens para a sua empresa e para os seus colaboradores?

Como uma estratégia de aperfeiçoamento na comunicação entre empresas e governo, é lógico que o eSocial traz inúmeras vantagens. Confira.

Vantagens para as empresas:

  • Unificação de diversas obrigações em um único processo;
  • Registro imediato de novas informações;
  • Diminuição de erros nos cálculos;
  • Maior segurança jurídica;
  • Ganho em produtividade.

Vantagens para os colaboradores

  • Registro sobre as funções e atividades que desenvolvem, bem como, sobre o local em que são realizadas;
  • Segurança maior em relação aos seus direitos trabalhistas e previdenciários;
  • Transparência sobre as informações de seus contratos de trabalho;
  • Registro de dados em relação aos pagamentos efetuados ao trabalhador.

3. Como funciona a divisão por grupos?

No eSocial simplificado, a divisão por grupos funciona da seguinte maneira:

  • 1° Grupo: Empresas com faturamento superior a R$78 milhões;
  • 2° Grupo: Empresas com faturamento inferior a R$78 milhões, exceto Simples nacional;
  • 3° Grupo: ME e EPP optantes pelo SIMPLES, MEI, empregadores pessoas físicas, entidades sem fins lucrativos;
  • 4° Grupo: Entes públicos de âmbito federal e as organizações internacionais;
  • 5° Grupo: Entes públicos de âmbito estadual e o Distrito Federal;
  • 6° Grupo: Entes públicos de âmbito municipal, as comissões polinacionais e os consórcios públicos.

4. Como são transmitidas as informações?

As informações são repassadas ao eSocial por meio de eventos, que, por sua vez, são:

  • Tabela: identificam o empregador/contribuinte/órgão público e apresenta informações básicas de sua classificação fiscal e de sua estrutura administrativa que validam os eventos não periódicos e periódicos;
  • Periódicos: são aqueles que têm periodicidade definida, formados por dados de folha de pagamento e de apuração de outros fatos geradores de contribuições previdenciárias;
  • Não periódicos: são aqueles que dependem de ocorrências na relação entre o órgão público/empregador e o trabalhador que influenciam na apresentação de direitos e no cumprimento de deveres trabalhistas.

5. Por que contar com uma solução especialista para o eSocial Simplificado?

Talvez algumas pessoas possam até desconhecer, mas contar com uma solução especialista é uma exigência descrita no Portal do eSocial do governo. Por ser um processo digital, o governo já deixa claro que a sua empresa deve contar com tecnologia compatível.

Mas, se você não quer dores de cabeça ou gastos para adequar o seu sistema toda vez que houver atualizações legislativas, é preciso adotar um software que vá além do básico. É necessária uma solução pronta para o eSocial Simplificado.

<<<Leia também: SOFTWARE PARA ESOCIAL: O QUE FAZER SE SUA SOLUÇÃO FOR DESCONTINUADA?”

Uma ferramenta 100% cloud, com atualizações automáticas e feitas diretamente pela internet, com módulos independentes, pronta para atender a todos os requisitos do eSocial Simplificado e com inteligência de validação.

Enfim, esses foram alguns dos principais pontos sobre o eSocial Simplificado. Porém, você deve entender que mais importante do que estar por dentro de todas as regras da plataforma é cumprir os prazos em relação ao repasse de informações. Para evitar surpresas, como já explicado, invista sempre em uma solução que garanta completa conformidade para sua empresa.

Gostou deste artigo? Quer conhecer uma solução que atende a todas as demandas do eSocial Simplificado? Então acesse agora e solicite o nosso contato!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.