Gestão de SST na indústria: 5 motivos para você priorizar!

por | 20/05/2022 | HCM

O surgimento do eSocial, entre outras coisas, trouxe à tona a relevância de uma boa gestão de SST para a indústria. Na verdade, mais do que isso, mostrou como o gerenciamento da saúde e segurança do trabalho é um ponto essencial para empresas que atuam em um setor de alta produtividade e exigência.

Hoje, uma empresa que atua na indústria não pode mais relegar ou ser negligente na gestão de SST. Afinal, erros ou equívocos nesse sentido resultam diretamente em multas e sanções por parte dos órgãos do governo. E com o advento do eSocial, a fiscalização ficou muito mais intensa.

Para você entender a relevância de uma ótima gestão de SST dentro da indústria, preparamos este artigo com 5 motivos priorizar a implementação. Confira.

Boa leitura!

O que é a Gestão de SST?

A Gestão de SST, resumidamente, é o trabalho das empresas para planejar, organizar, dirigir e controlar recursos para prevenir lesões e doenças relacionadas ao trabalho das equipes. Além disso, é trabalho da gestão de SST garantir o bem-estar no ambiente de trabalho.

Outro ponto fundamental dentro dessa gestão é promover a conformidade com a legislação trabalhista, bem como, com as plataformas do governo referentes às informações empregatícias, por exemplo, o eSocial.

5 motivos para você priorizar a Gestão de SST

Entendendo o conceito e os objetivos da gestão de SST, vale a pena conferir 5 razões de porque ela deve ser priorizada em empresas que atuam dentro da indústria. Confira.

1. Maior organização para a sua empresa

A partir das políticas de SST você consegue organizar os recursos, definir responsabilidades e dar direcionamentos para os colaboradores. Da mesma forma, os gestores passam a trabalhar para garantir que os recursos necessários para a execução das tarefas estejam disponíveis e os objetivos do Departamento Pessoal sejam alcançados.

2. Planejamentos e implementações mais assertivos

Para uma gestão de SST de sucesso, um bom planejamento é ferramenta principal. Afinal, o controle dos riscos se torna mais fácil de ser efetivamente alcançado através de ações coordenadas.

Além disso, há um trabalho mais concentrado para estudar, identificar e buscar as implementações mais adequadas para o Departamento Pessoal, visando a otimização dos processos mais burocráticos da área.

3. Monitoramento mais qualificado

Uma boa gestão de SST também demanda a implementação de políticas de procedimentos para monitoramento. Dessa forma, é possível assegurar a eficácia e avaliar a eficiência das implementações feitas pelo Departamento Pessoal.

Isso significa que o setor passa a ter um monitoramento mais qualificado sobre as informações relevantes para que estejam disponíveis aos gestores.

4. Auditoria completa

Outro ponto comum em uma gestão de SST são as auditorias constantes para verificar a performance do sistema de gestão responsável pelo repasse das informações.

Além de serem importantes para facilitar o trabalho das equipes, as ações de auditoria auxiliam na correção de falhas nos diversos processos dos sistemas de Gestão de SST.

5. Conformidade com eSocial

Por fim, e mais importante, a gestão de SST é uma etapa fundamental para que a sua empresa alcance a conformidade com o eSocial. As informações sobre saúde e segurança do trabalho precisam ser repassadas dentro do prazo e de acordo com as exigências da plataforma do governo.

Esse equilíbrio é essencial para trazer tranquilidade não apenas para a equipe de DP, mas também para todos os demais funcionários da empresa, que precisam estar seguros em relação à legislação trabalhista.

Enfim, para fugir de qualquer risco de multa ou sanção governamental, a sua gestão de SST deve ser desenvolvida com toda competência pelo seu Departamento Pessoal. Tenha em mente que uma má gestão pode afetar significativamente a sustentabilidade, lucratividade e a competitividade da sua empresa.

Gostou do artigo? Então, continue no nosso blog e confira agora o passo a passo para alcançar o compliance na gestão de SST dentro da indústria.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.