Software de Folha de pagamento no eSocial para ERPs mundiais: como simplificar o processo?

por | 17/06/2022 | HCM

A utilização de um software de folha de pagamento no eSocial só corrobora com a proposta do governo de simplificação e agilidade dos processos. Afinal, o eSocial foi criado justamente com esses objetivos, e as soluções especialistas são a concretização dessas metas por parte das empresas.

Aquelas que ainda não contam com esse tipo de tecnologia correm o risco de não conseguirem aproveitar as vantagens dessa digitalização de processos adotada pelo governo, e ainda podem se complicar com a legislação trabalhista.

Mas, a boa notícia é que sempre há tempo para uma adaptação. Seguindo os passos corretos é possível simplificar o processo, entrar em conformidade com o eSocial e alcançar o equilíbrio que toda empresa precisa. Continue lendo e entenda mais.

Boa leitura!

Por que é preciso sempre buscar a simplificação da folha de pagamento?

Toda simplificação de processo é sempre bem-vinda em uma empresa, afinal, há uma rotina com dezenas ou até centenas de funções que precisam ser cumpridas diariamente.

Quando se trata de um processo importante e altamente burocrático como a folha de pagamento no eSocial, isso é ainda mais verdade. Quando você consegue alcançar esse objetivo, poupa o tempo da sua equipe de Departamento Pessoal e evita que processos manuais gerem erros.

Com menor índice de falhas, você diminui também as chances de entraves burocráticos prejuízos financeiros e reclamações trabalhistas. Além disso, ao investir na simplificação, você garante rotinas mais eficientes, maior segurança nos cálculos e resultados mais confiáveis.

Como o eSocial transformou a rotina dos Departamentos Pessoais?

Antes da criação do eSocial, a declaração de dados referente aos trabalhadores era feita de maneira segmentada, com cada órgão recebendo um tipo de informação. Além de ser mais cansativo, esse modus operandi era bem mais suscetível a falhas.

Mas, com o eSocial tudo mudou, o Departamento Pessoal passou a enviar todas as informações por um único canal, que pode ser acessado por diferentes órgãos ao mesmo tempo, por exemplo:

  • Secretaria da Previdência Social e INSS;
  • Secretaria de Trabalho;
  • FGTS.

Por que você deve adaptar a rotina do DP ao eSocial?

Como vimos, o eSocial simplificou bastante o envio de informações para o governo. No entanto, ele também facilitou a fiscalização dos órgãos responsáveis, que só precisam acessar a plataforma para confirmar os dados enviados.

Dessa forma, é imprescindível que o seu Departamento Pessoal adapte a rotina ao eSocial, garantindo que as informações repassadas estejam sempre em conformidade com as normas. Além disso, você deve sempre considerar que um alinhamento ao eSocial:

  • garante os valores devidos e descontados dos empregados;
  • facilita os processos dos DP da sua empresa;
  • é uma exigência do Governo Federal.

Como simplificar a folha de pagamento no eSocial?

Entendido a importância da simplificação, o próximo passo é saber como torná-la real. Confira as nossas dicas:

Classifique os colaboradores na categoria correta: detalhe cada uma das atividades e aplique o correto enquadramento do seu funcionário, conforme a natureza da função.

Mantenha-se atualizado sobre as mudanças que acontecem no país: fique atento as mudanças trabalhistas e previdenciárias, para garantir que os cálculos da sua empresa estejam de acordo com a legislação.

Tenha um software de folha de pagamento: é imprescindível que a sua empresa tenha um software especialista de folha e pagamento no eSocial, sendo possível calcular de maneira correta as horas extras, folgas, atrasos etc.

Enfim, simplificar a folha de pagamento no eSocial não precisa ser uma grande dor de cabeça para a sua equipe. Com as medidas corretas e um software de alto padrão, este alinhamento pode ser alcançado e a sua empresa será capaz de desfrutar todas as vantagens da conformidade com o eSocial.

Acesse, fale com um dos nossos consultores e garanta na sua empresa o melhor software de folha de pagamento no eSocial.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.